Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Google+0

Quando se fala em artigos para churrasco, o que você pensa?

Churrasqueira, grelha, espetos, aquela faca grande de carne… Mas não basta só ter os equipamentos. Para elevar o seu churrasco de domingo ao próximo nível, você precisa das ferramentas certas.

Veja aqui cinco equipamentos que vale a pena investir para fazer um churrasco espetacular!

5 Equipamentos para o seu Kit Churrasqueiro

Kit churrasco: faca cortando carne na tábua de madeira

1. uma faca de qualidade, bem afiada

O primeiro ponto é o material da lâmina: as facas de cerâmica são as mais afiadas, com ótima durabilidade do fio. Porém, quebram com facilidade.

Entre as facas de metal, nada supera as de aço carbono; resistentes e mantém o fio por muito tempo. Mas como nem tudo é perfeito, elas enferrujam com facilidade.

Um boa alternativa são facas de aço inox com alto teor de carbono; são quase tão boas quanto as de aço carbono, porém sem o inconveniente da ferrugem.

Outro ponto que você precisa se atentar é ao cabo: observe o material, o acabamento e principalmente o formato.

O masterchef Gordon Ramsay costuma dizer que o segredo de uma boa faca está na “pegada”. Quanto mais confortável o cabo fica na sua mão, mais fácil será controlar a faca e cortar os alimentos.

E sabe aquelas facas “mágicas”, que não precisam ser afiadas? Evite. A verdade é que elas não podem ser afiadas; e uma vez que perdem o fio, têm que ser descartadas.

2. Tábua de corte feita de madeira

Não é só pelo estilo e pela sustentabilidade: tábuas de madeira são a melhor opção como base para se cortar os alimentos.

Se higienizadas corretamente, com um banho de vinagre ou suco de limão por alguns minutos, ficam bem esterilizadas. Além disso, não desgastam o fio a faca, como as de vidro.

As tábuas de plástico, ao contrário, acabam ganhando pequenas cavidades que servem de “abrigo” para as bactérias; com o tempo, ficam mais difíceis de limpar.

Sem contar que, uma vez descartadas, demoram milhares de anos para se decompor na natureza.

Kit Churrasco: pegador de churrasco virando peça na grelha

3. um Pegador de churrasco

A cena é bem  comum: na hora de virar a carne na grelha, o leigo chega e espeta o garfo bem no meio da peça. Errado! Use um pegador de churrasco.

Explico o porquê: quando a carne é perfurada, boa parte do seu líquido interno vai escorrer para a churrasqueira; e ele é um dos responsáveis pelo sabor e pela suculência. Resultado: carne ressecada e endurecida.

Daí a utilidade do pegador no seu kit churrasco. Você pode movimentar qualquer peça tranquilamente pela grelha, sem perder uma gota do delicioso suco.

4. Termômetro culinário

A forma mais fácil de controlar o ponto da carne é com um termômetro culinário; especialmente para a carne de bovina, que tem pelo menos sete pontos distintos de cozimento, do mal passado ao muito bem passado.

O termômetor tambem é útil para verificar a temperatura mínima de segurança, que garante a esterilização completa do alimento e evitar dores de cabeça (e de barriga) posteriores.

Kit Churrasco: passando molho barbecue na costela suína com pincel de silicone

5. Pincel de silicone para molhos

Enquanto no churrasco brasileiro é comum temperar as carnes apenas com sal grosso ou alho, nos EUA usa-se uma grande variedade de molhos: barbecue, cajun, Buffalo, Kansas City-style…

Eles são aplicados com a carne quase pronta, já na churrasqueira, para que ela fique marinando no fogo e absorvendo o máximo dos sabores. E isso vale tanto para bovinos, suínos e aves.

O pincel de silicone serve justamente para aplicar o molho enquanto a carne está na churrasqueira. Um belo artigo para ter no seu kit churrasco, quando você quer preparar algo diferenciado.


Compre Artigos para Churrasco no Entregalo